vaquejada é cultura?


Cultura do machismo, cultura do estupro, cultura do jeitinho, cultura da derrubada do boi pelo rabo, cultura alimentar, cultura escolar, cultura da inveja, cultura do ódio ao pobre. Não há vida humana fora da cultura, nosso modo de respirar, pensar ou descansar está nos limites da nossa cultura. E cultura é plural, cheia de nuanças, recortes. 

Vaquejada é cultura? é sim, assim como o estupro é um traço da cultura machista ou o pobre sertanejo votar no coronel do lugar. Pense na cultura como uma receita, ou um roteiro, de como devemos circular no nosso mundo. Nada está fora da cultura de modo que não se pode negar transformações sociais baseado na ideia de que não se deve mexer em tal questão porque aquilo é cultura.

Há traços culturais negativos, como nossa tradição de bater nas nossas crianças para educá-las, então nós nos transformamos para dizer que era preciso parar de bater em crianças, e hoje vivemos uma cultura do cuidado com a infância, e hoje nossa cultura exige que não se bata em criança. Sobre a vaquejada, ela é cultura, é um evento da cultura sertaneja, de longa data. Mas a cultura nacional evoluiu a tal ponto que aquele traço de maus-tratos aos bois evoca uma preocupação de limitar a prática baseado na perspectiva de não maltratar os animais. 

Há espaço cultural tanto para livrar os animais da penúria, como deixar com que continuem a serem maltratados. É o momento onde duas perspectivas culturais estão lutando para estabelecer-se como novo traço da cultura: seremos uma cultura onde os bois não sofrem maus-tratos ou uma cultura que cria um esporte onde os bois são objeto de abusos e maus-tratos? É dizer, a vaquejada é cultura, e a luta pelo fim dela também é cultura. 

Nada está fora dos limites da cultura. A questão é quais traços da cultura nós vamos preservando e quais novos traços iremos promover para a mudança cultural.
vaquejada é cultura? vaquejada é cultura? Reviewed by davy sales on segunda-feira, outubro 10, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.